RSS

Arquivo da tag: café de mercado

Brasil = Cuba do café

É de conhecimento geral que o Brasil é um dos países mais protecionistas do mundo, e no que diz respeito ao café isso é especialmente aberrativo.

Você que está lendo, já degustou um café colombiano no Brasil? Ou conhece alguém que já o tenha feito?

Estamos falando de um país fronteiriço, um dos mais famosos produtores de café, mundialmente conhecido por isso, a Colômbia!

Se você já pode provar um café colombiano, provavelmente, foi por ter sido trazido por algum conhecido que viajou a outro país, e não própria Colômbia, uma vez que os cafés deles são exportados e encontrados no mundo todo. Menos no Brasil!

E o que dizer dos cafés africanos ou da Oceania? Da América Central? Nem pensar em saboreá-los por aqui.

Mas o Brasil não tem os melhores cafés do mundo?

O Brasil não é o maior produtor de café do mundo?

“Sim” é a resposta para ambas as perguntas, “pero no mucho” como diria a caricatura do argentino!

O Brasil tem excelentes cafés, mas isso é estar entre os melhores e não ser monopolista deles. Além disso, cada um tem um gosto! Por que não posso preferir um café da Guatemala a um excelente café de Pinhais?

Somos sim os maiores produtores – predominantemente de robusta, com ênfase no baixíssimo preço e no alto volume. Produzimos também muito café arábica, mas isso é recente e boa parte do  produzido nem chega para o consumidor interno.

Enfim, vivemos numa espécie de Cuba do café: nada de fora pode entrar, seja como for e quanto houver do produto nacional!!

Atualmente até se encontra café importado em alguns mercados brasileiros, ainda que em pouca variedade e a preços não muito convidativos (esse aspecto só não é pior, porque o nacional consegue ser tão caro que os preços são comparáveis).

Café importado se encontra, em São Paulo: na rede San Marché e no Empório Santa Luzia.

Todos, porém, industriais, de qualidade mediana ou baixa, em torras escuras e nada frescas.

Uma das razões mais óbvias para isso é: o imposto de importação para esse produto varia de 100 (isso mesmo, cem!) a 110% sobre o preço total, que inclui o do frete!

Mas não é impossível provar, no Brasil, cafés verdadeiramente diferentes e saborosos do mundo afora. Logo mais, falo disso!

 

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de outubro de 2016 em Cafés estrangeiros, Preparo

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

Escolhendo os melhores cafés no supermercado

Para ajudar um pouco o apreciador a filtrar os melhores cafés das gôndolas dos supermercados, publico desenho esquemático bastante didático destacado de uma matéria da Folha de São Paulo.

Fonte:http://www1.folha.uol.com.br/comida/1177830-teste-folha-avalia-os-10-cafes-mais-vendidos-em-supermercados-de-sao-paulo.shtml

 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de outubro de 2014 em Saiba identificar bons cafés

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Bravo Café – o melhor café de supermercado

 

 

Comprar café em supermercados comuns costuma ser uma experiência meio frustrante. 99% do que se encontra “Café Tradicional”, nome bonito dado ao café de baixa qualidade, vendido largamente no Brasil (ainda).

Mas há um diferente. É o Bravo . Sua embalagem é prata espelhado, com logomarca bem leve e simples.

Há também a opção de prová-lo em espresso, nas cafeterias das lojas do Pão-de-Acúcar. Quando o fiz na Loja  da Brigadeiro Luis Antônio com rua Batataes, a nº1 do mercado em São Paulo, estava bem tirado e foi uma experiência agradável. Falarei, no entanto, daquele que se vende para fazer em casa.

Preparo: filtro, com água mineral e café comprado moído.

Vamos aos resultados:

Aroma: pouco intenso e amadeirado.

Acidez: média.

Corpo: baixo.

Sabor: intenso, mas agradável. Lembra caramelo e cinzas.

Impressões gerais: um café “honesto” como gostam de dizer os provadores de vinho, denotando simplicidade e qualidade suficientemente alta para a faixa de preços do produto.

Bastante agradável quando preparado em coador de papel. Mas devo ressaltar que o melhor de seu sabor somente foi sentido nos primeiros dois dias de abertura da embalagem. A oxidação foi bem rápida e a bebida ficou com um gosto mais puxado para a ferrugem. Portanto: caso use café para preparo caseiro de quantidades muito pequenas diariamente, não recomendo, pois a embalagem disponível é de meio quilo.

Conceito: bom. Melhor opção dentre os café de supermercado. Superior, inclusive a alguns outros vendidos (por exemplo, Toledo, Madame D ‘Orvilliers e Ghini) em grãos e moídos antes do preparo.

Onde comprar: mercados Pão de Açúcar. Preço: 22 reais o quilo. Disponível em embalagens de meio quilo, a 11 reais. Preço próximo ao dos cafés tradicionais (baixíssima qualidade), para um café arábica da Alta Mogiana, de boa qualidade.

Obs. O site da Bravo tem venda on line, mas está temporariamente indisponível.

Este link mostra os pontos de distribuição em São Paulo:http://www.bravocafe.com.br/ondecomprar.asp

 
11 Comentários

Publicado por em 5 de julho de 2012 em Cafés gourmet - marcas e opinião

 

Tags: , , , , , ,

 
Brasilagro

Brasil Agribusiness News - Brasil Agronegócios

Hearts and Minds

O que não muda é que tudo muda.

Tom Fernandes

"‎Quando eu era menino, todos me chamavam de mentiroso. Agora eu sou adulto, e me chamam de escritor." Isaac Bashevis Singer

Kelly Cristina

A única fonte de felicidade está dentro de nós mesmos, e deve ser repartida. Repartir as alegrias é como espalhar perfume sobre os outros: sempre algumas gotas acabam caindo sobre nós mesmos. Sou apaixonada pela minha familia e pelo meu trabalho, sei que a cada dia eu tenho a oportunidade de aprender um pouco mais.

Seu Dinheiro na Internet

Ganhe Dinheiro na Internet sem vender sua alma.

O Mochileiro

Mochila, cultura e experiência.

IMPRESSIONARE (21)99584-4658 (21)3627-5431

Orçamentos: contato.impressionare@gmail.com

Paulo Junior's Blog

"As dificuldades devem ser usadas para crescer, não para desencorajar. O espírito humano cresce mais forte no conflito.” (William Ellery Channing)

CB - CARLOS BESSA ASSESSORIA E VENDAS

vendas; setor moveleiro; mobiliário; treinamento; gestão de vendas; representação

jsazevedoja

Este site WordPress.com é supimpa

Nádia Jung

Porque às vezes as palavras têm de dar lugar ao silêncio, porque às vezes só um gesto inconsciente pode provocar a captura do inexplicável, porque o olho sabe antes que a mente, porque a fotografia é necessária na minha vida ...

Café Etrusca

Café, café de especialidad, café gourmet, insumos para cafetería, maquinaria para cafeterías, mobiliario para cafeterías, barista champ

Desenvolvendo ABAP/4

Just another WordPress.com weblog

tmenegatti

Thiago Menegatti

Dedo-no-zoio

Por que o mundo é dos espertos!

Raspando o prato

Um lugar para quem gosta de comida!

%d blogueiros gostam disto: