RSS

Arquivo da categoria: Onde comprar café

Prove cafés especiais da América Central!

Prove cafés especiais da América Central!

Estou disponibilizando um pequeno lote de cafés especiais da América Central.

São cafés de fazendas familiares, trazidos de uma grande torrefadora de Londres, que trabalha há anos com pequenos produtores da América, África e Ásia.

Logo a seguir, posts contando um pouco como são esses cafés e como adquiri-los.

Fique atento!

 

 

 
Deixe um comentário

Publicado por em 27 de novembro de 2016 em Cafés estrangeiros, Onde comprar café

 

Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Moradores de São Paulo – bom momento para uma passada no Coffee Lab

Uma dica expressa para quem vive na capital de São Paulo:

Uma visita ao Coffee Lab, da Isabela Raposeiras.

Há sempre algumas críticas à barista e experimentadora, dona da cafeteria de que falo agora. Mas nada poderá apagar o fato de que ela sempre tem bons cafés para vender. Bons mesmo, não bons “mais ou menos”.

Esses dias de início de ano são bons para conferir, pois o movimento está mais baixo, o ambiente lá está mais tranquilo e agradável.

Mas o que mais me chamou atenção foi o aumento da variedade de cafés em grãos disponíveis para comprar e levar para casa.

Além disso, há mais opções a preços entre 20 e 35 reais o quarto de quilo, o que pode ser considerado bastante razoável.

Recomendo experimentar todos, exceto do Café da Raimunda, que achei muito amargo e de qualidade abaixo da média daqueles com que ela trabalha.

Recomendo muito o Rancho Dantas, vindo de região montanhosa do Espírito Santo. Custa 42 reais, preço salgado, mas é excelente. Incrivelmente perfumado e agradável. Sobretudo em preparo Aeropress, mas em todos os preparos cai bem!

O Coffee Lab merece ser citado como o 1º a reabrir após as festas, dentre o circuito do café “bom de verdade”, como costumo dizer, constituído por ele, pelo Mirante 9 de Julho, Café Beluga e Sofá Café (este último de presença mais discreta).

Parabéns à essa excelente cafeteria.

Endereço do Coffee Lab: Rua Fradique Coutinho, 1340, Vila Madalena, São Paulo, SP.

 

 

Tags: , , , , , , , , , ,

Pé-de-Café: catuaí amarelo

Neste mês, degustei o café catuaí amarelo da Pé-de-Café.

Interessante destacar que, como sempre acontece, o que se encontra no rótulo como descrição é totalmente verdadeiro.

Nada de floreios sobre nuances de sabores difíceis, quando não impossíveis, de o apreciador provar. Apenas uma nota: “levemente achocolatado”. E de fato o café tem essa como principal característica de sabor. Isso não quer dizer que vamos provar a bebida feita com ele, e sentir que tomamos chocolate. Trata-se de uma lembrança gustativa que ele nos inspira. O chocolate é uma referência.

Outra qualidade desse café: o retrogosto agradável, suave e persistente. Para mantê-lo, não tomar água ou outras bebidas após o café, por pelo menos, meia hora.

De maneira geral, trata-se de uma café de aroma e sabor secos, com adstringência pronunciada. No lado oposto do espectro teríamos os cafés adocicados e frutados, daqueles que lembram frutas maduras e mel.

Uma agradável opção de café de características marcantes, excelente para compor um pequeno estoque doméstico, ideal para o apreciador que goste de variar os sabores de maneira bem marcada.

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Pé de Café – Bourbon Amarelo

forno

O café escolhido para degustação pelo Pé de Café, em dezembro, foi o Bourbon Amarelo, que pude provar agora no mês de janeiro. Mais uma vez, quero registrar o adorei. Achei-o ligeiramente melhor que o Catuaí do mês anterior, que já era ótimo.

Fico feliz por saber que podemos contar com esses cafés especiais, já que o serviço de atendimento deles funciona muito bem, o que apesar de básico, não é tão comum de se encontrar. Por esse motivo, recomendo sempre que os apreciadores cliquem no link do Pé de Café, aqui em nossa área de links (“cafés gourmet pela internet).

Esse Bourbon Amarelo é extremamente perfumado, o que nos faz começar bem a experiência com ele. A torra foi completamente adequada, pois temos zero de gosto residual de queimado e um sabor principal tão intenso quanto agradável.

Como comentado pelo próprio Pé-de-Café (http://www.pedecafe.com/post.asp?id=97), trata-se de um café adocicado. O que a maioria escreve em seus rótulos, mas poucos dos quais correspondendo à realidade.

Destacou-se para mim o sabor de café fresco. Algo que lembra pães saindo de um forno a lenha. Memórias gustativas das melhores são estimuladas!

Pretendo adquirir mais desse café. É daqueles que gosto de ter sempre em casa.

 

 

Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Pé de Café: Rubi

 

foto 1

Tive o prazer de receber mais um dos cafés especiais Pé-de-Café.

Preparei-o como espresso e por filtragem.

Fazia um bom tempo que não achava um café com esse tipo de sabor. A última vez, havia sido quando recebi um café da região de Chiapas, no México – a memória dele foi reavivada.

O Rubi, produzido no Sul de Minas, é um café cujas características mais chamativas foram o gosto seco, de aroma amadeirado. Lembrou-me o gosto de defumados e o aroma de cachimbos, daqueles achocolatados.

A bebida feita com ele é encorpada (lembrando que aqui me refiro à sua viscosidade, sentida na boca). Razoavelmente doce e de retrogosto suave, agradável e fugaz.

Mais um ponto para a Pé-de-Café!

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Café Grāo Gourmet do mês

O preparo de monodose, com acessórios Grão Gourmet

O preparo de monodose, com acessórios Grão Gourmet

Nessa semana, recebi mais um café do Grão Gourmet, daqueles que são enviados aos filiados ao Clube do Café (link na seção “Cafés Gourmet Pela Internet”).

Trata-se de um café em grãos, originário da região Mogiana de Pinhal. Mais precisamente da Fazenda Nova União. Variedade 100% arábica obatã.

Provei-o tanto da maneira formal, como se faz nos cups, seguindo protocolo da BSCA, como preparando-o por filtragem, como se faz na maior parte dos lares do país.

No 1ª método, a bebida é preparada derramando-se água aquecida (sem ferver) sobre os grânulos recém moídos. Forma-se uma crosta, que rompemos com uma colher, removendo-a em seguida. Tudo isso, quando a temperatura chega a aproximadamente 70 graus. Então, provamos a bebida, aspirando-a de maneira que toda a superfície da língua possa ser contemplada. Nada de açúcar, claro.

Dessa maneira, podemos ter uma ideia mais precisa das propriedades do café. Antes, claro, dei bastante atenção ao aroma dos grãos, ao café moído e ao da bebida.

Mas como no dia-a-dia não é dessa maneira que preparamos café, também passei toda a semana preparando-o por filtragem diariamente. Então, pude compará-lo com outros cafés de que gosto bastante. Nesse caso, uso uma colher de café de mel de laranjeira para adoça-lo.

Observei e senti que o café é bastante cheiroso, tendo aroma leve e adocicado. Muito agradável.

É, como descrito na embalagem (isso é importante), doce e frutado, lembrando carambola madura. A descrição dele fala em garapa. Achei mais leve que isso. Mais suave.. O corpo é ligeiramente cremoso (médio), muito agradável também.

Provado protocolarmente, o sabor enche a boca rapidamente, com quase zero de amargor. Já do jeito cotidiano, combinou muito bem como o mel e se mostrou uma bebida excepcional. Está, certamente, entre os melhores cafés que já tomei. Daqueles que nos faz pensar nele antes de dormir, esperando pela manhã seguinte.

A torra me pareceu ligeiramente mais escura do que precisaria. Mas na hora da prova, mostrou-se adequada. Não tenho como dizer se ficaria ainda melhor em torra mais clara.

Continuo instigado com a chegada do café do próximo mês. Isso é ótimo sinal.

Destaque, novamente, para a cuidadosa e bonita embalagem. Podemos sentir que o café foi muito bem cuidado até chegar à nossa casa.

 

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

A volta de um velho conhecido – Pé de Café

pedecafe

Quando comecei a conceber esse blog, com o propósito de descobrir e compartilhar sobre os melhores cafés que pudessem chegar às mãos de um consumidor comum, um dos primeiros que encontrei e de que gostei muito foi o café do Pé de Café. Felizmente, após um tempo de indisponibilidade para reformulação das atividades, o site deles voltou a funcionar à pleno vapor!

Trata-se de um café de muito boa qualidade, e que se pode comprar pela internet, com toda segurança e comodidade. Dos 3 cafés já meus conhecidos, o Bourbon, o Catuaí Amarelo e o Mundo Novo, meu preferido era esse ultimo. Senti falta dele! E ainda sinto, pois retomei o contato com o Pé de Café recebendo um novo café, disponível apenas para quem se filia ao Clube do Café (sobre o qual falarei proximamente).

Essa nova opção é do pós-reestruturação, e funciona por um Sistema bastante simples, que oferece vantagens reais a quem se fideliza à marca. Isso porque, além de ter acesso a cafés especialmente selecionados, o assinante recebe um café diferente a cada mês. Não provei todos, mas a julgar pela qualidade dos que já provei, eu esperaria (com água na boca) por um ótimo café a cada início de mês.

Como no Clube o frete já está incluído no preço dos  cafés, que é semelhante aos preços dos comprados de maneira avulsa, acaba-se gastando menos quando se escolhe esse método. E querendo cancelar, basta uma solicitação e encerra-se a filiação.

Fiquei bem contente por reencontrar esse café e por saber que a empresa incrementou seus serviços e produtos. Precisamos de muitas mais opções como essa no Brasil. Lembrando que nos mercados se encontram cafés gourmet, mas não desse nível de qualidade. Sugiro uma boa vista ao site da Pé de Café, cujo link volta, a partir de agora, para a seção “Cafés Gourmet pela internet”, onde só entram links de empresas que trabalhem bem sempre, isso é, das que ofereçam cafés de alta qualidade, bons acessórios, ótimo serviço e atendimento eficiente.

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

 
Brasilagro

Brasil Agribusiness News - Brasil Agronegócios

Hearts and Minds

O que não muda é que tudo muda.

Tom Fernandes

"‎Quando eu era menino, todos me chamavam de mentiroso. Agora eu sou adulto, e me chamam de escritor." Isaac Bashevis Singer

Kelly Cristina

A única fonte de felicidade está dentro de nós mesmos, e deve ser repartida. Repartir as alegrias é como espalhar perfume sobre os outros: sempre algumas gotas acabam caindo sobre nós mesmos. Sou apaixonada pela minha familia e pelo meu trabalho, sei que a cada dia eu tenho a oportunidade de aprender um pouco mais.

Coma Paleo

VIDA NA MONTANHA, LIVROS, CAFÉS E OUTRAS COISAS.

Juliana Lima

Fabulonica@hotmail.com

Seu Dinheiro na Internet

Ganhe Dinheiro na Internet sem vender sua alma.

O Mochileiro

Mochila, cultura e experiência.

IMPRESSIONARE (21)99584-4658 (21)3627-5431

Orçamentos: contato.impressionare@gmail.com

Paulo Junior's Blog

"As dificuldades devem ser usadas para crescer, não para desencorajar. O espírito humano cresce mais forte no conflito.” (William Ellery Channing)

CB - CARLOS BESSA ASSESSORIA E VENDAS

vendas; setor moveleiro; mobiliário; treinamento; gestão de vendas; representação

jsazevedoja

Este site WordPress.com é supimpa

Uma dose

Só para garantir.

Nádia Jung

Porque às vezes as palavras têm de dar lugar ao silêncio, porque às vezes só um gesto inconsciente pode provocar a captura do inexplicável, porque o olho sabe antes que a mente, porque a fotografia é necessária na minha vida ...

Café Etrusca

Café, café de especialidad, café gourmet, insumos para cafetería, maquinaria para cafeterías, mobiliario para cafeterías, barista champ

Desenvolvendo ABAP/4

Just another WordPress.com weblog

tmenegatti

Thiago Menegatti

%d blogueiros gostam disto: