RSS

Xícara: o detalhe que faz diferença

11 abr


Durante muito tempo acreditei que falar sobre xícaras seria falar sobre perfumaria.
Mas em se tratando de café, o recipiente em que é servido influencia sua apreciação! Demorou, mas percebi mais essa nuança no hábito de tomar e apreciar cafés.
Três fatores podem ser considerados na hora da escolha: formato, material e aparência.
Se for para tomar um café filtrado, o mais comum no cotidiano da cultura brasileira, sugiro uma xícara feita de vidro térmico e tamanho médio. A boca larga e o formato de concha são melhores para cafés de garrafa térmica, feitos em grande quantidade, e, geralmente, bem quentes. Assim, o risco de queimar a boca é menor. Além disso, café pelando é prejudicial ao paladar.
Variações podem ser feitas em virtude da temperatura ambiente ou da intensão de tomar a bebida rapidamente, ou aos mais lentamente. Quanto mais larga a boca da xícara, maior a superfície de contato com o ar, o que causa o resfriamento mais intenso, de acordo com a temperatura ambiente.
Para espressos, o raciocínio é semelhante em muitos aspectos. Entretanto, para essa deliciosa maneira de preparo, são preferíveis as xícaras de louça e pequenas. Há bonitas xícaras em vidro, mas esse material conserva menos a temperatura alta, o que é ruim para espressos, que vêm em quantidades pequenas. Quanto ao formato, as melhores são as cônicas, com a boca larga e o fundo estreito. Assim, podemos ver bem a cor e consistência do creme, e o principal, podemos apreciar bem o aroma.
Xícaras cilíndricas são ruins para espressos, apesar de serem o formato mais comum e fácil de encontrar à venda. Essas xícaras são boas para o famoso cafezinho, aquele feito em casa, em pequenas quantidades, mas para espressos são completamente inadequadas.Nesse caso, é importante uma exposição desproporcional da superfície, da bebida, que deve ser maior que a do corpo. Assim, não queimamos a boca, pois enquanto a parte exposta esfria, o restante permanece quente, esfriando à medida em que se bebe, sempre mais rapidamente na superfície.
Para mim, a xícara ideal para espressos, além de ser de louça e ter formato cônico, deve ter a borda espessa e arredondada, o que a torna mais confortável ao contato com os lábios. Entretanto, xícaras assim não são nada fáceis de se encontrar à venda. Eu mesmo, tenho apenas uma dessas de minha preferida:é a que era usada pelo Café do Ponto até há uns dois anos atrás. Eu a consegui comprando-a nessa própria cafeteria. E aqui fica uma dica, ou truque, para adquirir boas xícaras (a preços aceitaveis, geralmente): sempre que se goste de uma xícara em uma cafeteria, perguntar se estão disponíveis para venda. Boa parte das vezes, é possível, sim, adquirí-las, com pires, por 10 ou 15 reais, em média. Mas atenção: as cafeterias não costumam anunciar isso. É preciso perguntar!
Infelizmente, o Café do Ponto já não usa mais dessas boas xícaras. Foram substituídas por outro modelo (bom também, mas não como as antigas!). Entretanto, uso-a como exemplo de modelo perfeito para espressos (vide imagens do post).
No próximo mês, entrará em nossa pauta uma pesquisa de xícaras boas, e que possam ser adquiridas pela internet! Portanto, não deixe de acompanhar nosso blog e não deixe de oferecer sugestões e dar sua opinião por meio dos comentários!

Anúncios
 
6 Comentários

Publicado por em 11 de abril de 2011 em Para tomar café

 

Tags: , , , , , , , , , , , ,

6 Respostas para “Xícara: o detalhe que faz diferença

  1. edson

    9 de fevereiro de 2013 at 20:54

    Olá, gostei do post. Estou começando com o café agora e a procura de informações. Gostaria que falasse mais sobre xícaras, se é que ha algo mais…

    Curtir

     
    • Noite Arábica

      13 de fevereiro de 2013 at 20:16

      Olá, Edson!
      Sim, há mais a ser dito sobre xícaras. Falarei muito em breve! Convido-o a visitar o blog nos próximos dias!
      Obrigado pela audiência.
      Abs
      Paulo

      Curtir

       
  2. aldemirfelipe

    24 de junho de 2012 at 1:19

    Meus queridos amigos do blog fiquei feliz em descobrir esse endereço, apesar de – confesso – não ter tempo de acessar a internet de maneira despretenciosa. Gostei desse post falando das xícaras o que também considero fundamental na hora de saborear um café. Trabalho no comercial do Café Zupo uma empresa que foi idealizada para proporcionar aos amantes dessa bebida um café com um blend especial da região do Sul de Minas com Franca e uma torra com a temperatura à 222 graus o que nos proporcionou um sabor agradabilíssimo. Caso queiram, mando uma amostra pra vocês e – lógico – espero um comentário a respeito. Mas voltando a falar das xícaras, considero, também as cônicas e retilíneas mais adequadas para o espresso.

    Curtir

     
    • Apreciar café

      25 de junho de 2012 at 1:44

      Olá, Felipe! Obrigado pelo comentário. Xícara faz parte do ritual de saborear o café! Influencia na exalação do aroma, na temperatura, na oxidação.
      Não conheço seu café, o Zupo. Fiquei bastante interessado em fazer uma degustação dele. Se puder mandar a amostra, claro, ele será motivo de um post com comentários sobre suas características.
      Vou mandar nosso endereço para seu e-mail.
      Voltando às xícaras: já é hora de novo post sobre o assunto, pois novas xícaras e copos foram provados, com sucesso! Pena que o acesso a elas somente se tem no exterior. O Brasil é extremamente fechado ainda.
      Abraços
      Paulo

      Curtir

       
  3. Hertha

    10 de agosto de 2011 at 1:37

    Muito bom o post e o seu blog.
    Entrei para esse maravilhoso clube do café espresso há pouco tempo e fico em busca de informação que me possa ser útil na arte de apreciar este peculiar líquido.

    Curtir

     
    • Apreciar café

      13 de agosto de 2011 at 21:32

      Obrigado, Hertha! Seja bem-vinda, sempre! Caso queira dar alguma colaboração, fique a vontade. Abraços

      Curtir

       

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
Brasilagro

Brasil Agribusiness News - Brasil Agronegócios

Hearts and Minds

O que não muda é que tudo muda.

Tom Fernandes

"‎Quando eu era menino, todos me chamavam de mentiroso. Agora eu sou adulto, e me chamam de escritor." Isaac Bashevis Singer

Kelly Cristina

A única fonte de felicidade está dentro de nós mesmos, e deve ser repartida. Repartir as alegrias é como espalhar perfume sobre os outros: sempre algumas gotas acabam caindo sobre nós mesmos. Sou apaixonada pela minha familia e pelo meu trabalho, sei que a cada dia eu tenho a oportunidade de aprender um pouco mais.

Juliana Lima

Tudo para quem não vive sem um bom café! A gastronomia do café. O preparo do café - coador, prensa francesa, café espresso, café expresso, máquinas de café, café em grãos, xícaras, chávenas, colombian coffee, brazilian coffee

Seu Dinheiro na Internet

Ganhe Dinheiro na Internet sem vender sua alma.

O Mochileiro

Mochila, cultura e experiência.

IMPRESSIONARE (21)99584-4658 (21)3627-5431

Orçamentos: contato.impressionare@gmail.com

Paulo Junior's Blog

"As dificuldades devem ser usadas para crescer, não para desencorajar. O espírito humano cresce mais forte no conflito.” (William Ellery Channing)

CB - CARLOS BESSA ASSESSORIA E VENDAS

vendas; setor moveleiro; mobiliário; treinamento; gestão de vendas; representação

jsazevedoja

Este site WordPress.com é supimpa

Nádia Jung

Porque às vezes as palavras têm de dar lugar ao silêncio, porque às vezes só um gesto inconsciente pode provocar a captura do inexplicável, porque o olho sabe antes que a mente, porque a fotografia é necessária na minha vida ...

Café Etrusca

Café, café de especialidad, café gourmet, insumos para cafetería, maquinaria para cafeterías, mobiliario para cafeterías, barista champ

Desenvolvendo ABAP/4

Just another WordPress.com weblog

tmenegatti

Thiago Menegatti

Dedo-no-zoio

Por que o mundo é dos espertos!

%d blogueiros gostam disto: